Liberdade e libertinagem


Pedro Menezes
Pedro Menezes
Professor de Filosofia

Liberdade é um conceito amplo relativo a possibilidades de escolhas, autonomia e direito à autodeterminação, limitados pelo respeito à liberdade de outras pessoas. Já a libertinagem é compreendida como uma extrapolação dos limites da liberdade, alheia às regras e sem moderação.

A ideia de liberdade propõe que as ações são livres desde que não se sobreponham ou restrinjam a liberdade alheia e o bem comum. Por sua vez, a libertinagem está relacionada muitas vezes a um comportamento sexual lascivo, ao egoísmo e a ação em interesse próprio sem respeito ao próximo.

O que é liberdade?

Liberdade é a condição daquele ou daquela que é livre. E, ser livre é realizar escolhas e praticar ações por vontade própria. O termo origem na palavre em latim libertas, que deriva de liber (“livre”).

Liberdade é um conceito amplo que pode estar relacionado a diversas possibilidades de ação:

  • Liberdade de expressão
  • Liberdade de ir e vir
  • Liberdade de crença
  • Liberdades civis

Na filosofia, liberdade é um importante conceito que sustenta a ética e a moral. Os comportamentos humanos só podem ser analisados a partir da ideia de que são frutos de uma escolha livre e consciente.

Em outras palavras, a ética e a moral só são possíveis porque os seres humanos são dotados de liberdade.

O que é libertinagem?

Libertinagem é uma palavra pejorativa, relacionada à devassidão, a uma liberdade sem moderação e sem compromisso com o próximo.

O termo também é derivado da palavra latina libertas, mas acompanhado do sufixo -agem, que transmite a ideia de ação.

Assim, libertinagem seria a ação exageradamente livre, sem comprometimento sem limitações. Muitas vezes, o termo é utilizado para definir um comportamento sexual sem regra e definido pelo prazer sem restrições. Libertinagem significa que tudo é válido sem considerar a consequência dos atos.

Para religiões, sobretudo a cristã, a libertinagem está associada ao pecado, em contraste com os ensinamentos que pregam o valor de uma vida moderada.

"Não confunda liberdade com libertinagem"

A ideia contida nessa máxima popular é referente à necessidade de perceber os limites benéficos das ações. Do contrário, chega-se à libertinagem, à falta de pudor, de comedimento e de respeito.

Confundir a liberdade de ação com agir sem ponderação pode trazer riscos e comportamentos impróprios.

Veja também a diferença entre:

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrando em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).