Seres Autótrofos e Heterótrofos


Os seres autótrofos são organismos que podem produzir seu próprio alimento utilizando luz, por meio do processo de fotossíntese, ou energia química, pela quimiossíntese. Por isso, são conhecidos como seres produtores.

Já os heterotróficos não podem sintetizar seu próprio alimento, então se alimentam de outros organismos, como plantas e animais. São conhecidos como seres consumidores.

Seres autótrofos Seres heterótrofos 
DefiniçãoOrganismos que são capazes de produzir seu próprio alimento por meio da fotossíntese ou da quimiossíntese. Os heterotróficos não podem produzir o próprio alimento a partir de fontes inorgânicas e, portanto, se alimentam de outros organismos da cadeia alimentar.
Produz sua própria comidaSim.Não.
Nível na cadeia alimentarProdutor.Consumidor primário, secundário e terciário. 
Tipos
  • Fotossintetizantes;
  • Quimiossintetizantes.
  • Carnívoros;
  • Herbívoros;
  • Onívoros;
  • Hematófagos;
  • Ictiófagos;
  • Coprófagos;
  • Ornitófagos;
  • Insetívoros;
  • Detritívoros;
  • Planctófagos.
O que ou como eles comem?Produzem sua própria comida por meio da luz ou energia química.Eles comem outros organismos (plantas ou animais) para obter proteínas e energia.
ExemplosPlantas, algas e algumas bactérias.Boi, coelho (herbívoros), ser humano, porco (onívoros), leão, jacaré (carnívoros).

Produção de energia dos seres autótrofos

Plantas

Os autótrofos produzem a própria energia por meio de um dos dois métodos a seguir:

Fotossíntese

Os fotossintetizantes usam a energia do sol para converter água e dióxido de carbono em glicose. A glicose fornece energia às plantas e é usada para fabricar celulose que, por sua vez, é utilizada para construir as paredes celulares. Exemplos são: plantas, algas, fitoplâncton e algumas bactérias.

As plantas carnívoras usam a fotossíntese para produção de energia, mas dependem de outros organismos para obter nutrientes como nitrogênio, potássio e fósforo. Portanto, estas plantas são autotróficas, com complementação heterotrófica.

Quimiossíntese

Os quimiossintetizantes usam a energia de reações químicas para produzir alimentos. Essas reações são geralmente entre metano com oxigênio ou sulfeto de hidrogênio. 

Exemplos de seres quimiossintetizantes são: bactérias encontradas dentro de vulcões ativos, microrganismos encontrados em fontes hidrotermais no fundo do mar ou fontes de água quente.

Produção de energia dos seres heterotróficos

Animais carnívoros

Os heterotróficos sobrevivem alimentando-se de outros organismos da cadeia alimentar, seja plantas ou animais.

Os seres herbívoros são chamados de consumidores primários, por se alimentarem diretamente dos produtores. Já os carnívoros são os consumidores secundários e/ou terciários, por se alimentarem dos herbívoros.

Além destes dois tipos principais, os seres heterotróficos também podem ser classificados como:

  • Onívoros: se alimentam tanto de carne quanto de vegetais. Exemplo: ser humano, urso, porco;
  • Hematófagos: se alimentam do sangue de outros seres. Exemplo: piolho, percevejo, pernilongo;
  • Ornitófagos: se alimentam da carne de aves. Exemplo: falcão peregrino;
  • Ictiófagos: se alimentam de peixes. Exemplos: leão marinho, águia pescadora;
  • Coprófagos: se alimentam das fezes de outros animais. Exemplos: besouros e algumas espécies de moscas;
  • Insetívoros: se alimentam de insetos. Exemplo: sapos;
  • Detritívoros: se alimentam de detritos orgânicos, seja de origem vegetal ou animal. Exemplos: urubu, hiena;
  • Planctófagos: se alimentam de plânctons. Exemplo: arraia.

Cadeia alimentar

cadeira alimentar simples

Os autótrofos não dependem de outros organismo para a sua alimentação. Eles são o principal produtor e, por isso, ficam no primeiro nível trófico da cadeia alimentar. Os heterotróficos, que dependem de autótrofos e de outros heterotróficos para obter energia, são colocados em seguida na cadeia.

Veja também a diferença entre: