Machismo e feminismo


Emerson Machado
Emerson Machado
Jornalista

Machismo é o comportamento masculino, por meio de opiniões e atitudes, de negar a igualdade de gênero, pregando a superioridade do homem sobre a mulher. O feminismo é um movimento social, político e filosófico que busca eliminar esta desigualdade de direitos e deveres entre os sexos.

Enquanto o feminismo busca a igualdade entre os gêneros, o machismo impede esta luta. No machismo, homens não acreditam que as mulheres deveriam ter os mesmos direitos e deveres que eles.

Apesar de muitas sociedades ainda serem extremamente machistas, caso do Brasil, é graças ao feminismo que avanços importantes têm sido feitos desde o início do século XX.

Para um machista, a mulher deve ser submissa ao homem, enquanto para as feministas os homens e as mulheres devem ser vistos como iguais. Logo, vale citar: feminismo não é o contrário de machismo. O equivalente ao machismo, mas praticado pelas mulheres, é o femismo.

Da mesma forma que funciona o machismo, o femismo é o comportamento expressado em atitudes e opiniões em relação aos homens, visando uma superioridade da mulher. No entanto, assim como o machismo, o femismo também não é aceito pelo feminismo.

Para o feminismo, todas as pessoas são iguais, independente do gênero.

O que é machismo?

Apesar de não haver um consenso geral sobre o termo machismo, a palavra é normalmente utilizada para definir o comportamento do homem que demonstra superioridade em relação às mulheres.

São ações, expressas em opiniões ou atitudes, que reforçam a desigualdade entre os gêneros.

Portanto, o machismo pode ser considerado um pensamento errado de que indivíduos do sexo masculino seriam superiores aos do sexo feminino.

É comum nas sociedades atuais que a ideia de igualdade de gênero seja debatida, mas a desigualdade não está, de fato, eliminada.

Há o tradicional regime patriarcal, por exemplo, em que a mulher deve ser submissa aos homens, servindo os propósitos do pai ou do marido.

Um machista vê a mulher como inferior a ele, tendo a mentalidade de um “sistema hierárquico” que, na verdade, não deveria existir entre os gêneros.

Mulher como objeto do homem, machismo

Também é comum para um machista ver tudo pelo viés do machismo. Neste sentido, certas atitudes, trabalhos, comportamentos e expressões seriam divididas entre o que seria feminino e o que seria masculino.

Não são apenas as mulheres vítimas do machismo, mas também homossexuais e metrossexuais (homens que se preocupam excessivamente com a aparência).

Há quem confunda o machismo com uma qualidade de um homem “macho”, de extrema masculinidade.

Entretanto, atitudes machistas reforçam o preconceito contra homens que acreditam na igualdade de gênero e, obviamente, a objetificação da mulher perante o homem.

O que é feminismo?

O movimento feminista surgiu na Europa do século XIX, tendo sido consequência da Revolução Francesa, que pregava “Igualdade, Liberdade e Fraternidade”.

Neste sentido, as mulheres tinham o desejo de ser inseridas no contexto social em que se encontravam, participando das mudanças que estariam por vir.

No entanto, foi apenas no século XX que o ocidente passou a reconhecer mais o feminismo. Isto porque o monopólio dos homens em posições de poder passou a ser questionado, uma vez que as mulheres também desejavam e seriam capacitadas para ocupar tais posições.

Apesar de muito utilizado erroneamente no sentido de que as mulheres pregam a superioridade do sexo feminino, o termo feminismo designa a luta pela igualdade entre ambos os gêneros. Isto incluiria liberdades e direitos que, muitas vezes, ainda são negados às mulheres.

Mulher, homem, feminismo, igualdade de gênero

A crença em uma superioridade do gênero feminino sobre os homens é chamada de femismo. Porém, vale citar, que nos últimos tempos tem surgido o “feminismo radical”.

Esta vertente do movimento defende que o machismo só será eliminado da sociedade após uma revolução geral em que os regimes patriarcais seriam abolidos.

Atualmente, não são apenas as mulheres que se consideram feministas. Muitos homens também têm aderido ao movimento por acreditarem que o machismo prejudica a sociedade. Também há mulheres que não apoiam o feminismo.

Veja também a diferença entre:

Emerson Machado
Emerson Machado
Escritor e jornalista, muito ligado a literatura e artes em geral. Trabalha com textos informativos e criativos desde que se lembra, tendo publicado seis livros e diversas reportagens, com direito a prêmios e tudo. É apaixonado por ciência e tecnologia e já escreveu para revistas, assessoria, jornal impresso e online. Vive no Porto, Portugal.