Tipos de cerveja


Os tipos de cerveja diferem-se a partir da receita e do processo de fermentação. Existem três famílias ou tipos de fermentação: as Ales, as Lagers e um terceiro tipo, não tão popular no Brasil, as Lambics.

Nas Ales, a fermentação ocorre em temperaturas mais altas, em geral entre 15ºC e 24ºC. As Lagers fermentam em temperaturas mais baixas, entre 5ºC e 14ºC. Enquanto as Lambics destacam-se das outras famílias por serem produzidas a partir de fermentação espontânea, abertas e em contato com o ar.

Ale Lager Lambic
Características Cervejas de alta fermentação. Em geral, possuem sabores e aromas mais frutados. Cervejas de baixa fermentação. É a família mais comum e consumida entre as cervejas. Cervejas produzidas a partir de fermentação espontânea. Possuem uma alta acidez.
Fermentação
  • Saccharomyces cerevisiae (1-2 semanas).
  • 15ºC - 24ºC (podendo chegar a 35ºC em casos especiais).
  • Saccharomyces pastorianus (1-2 meses).
  • 5ºC - 14ºC
  • Leveduras selvagens do ar, Brettanomyces (no mínimo 5 meses).
  • Temperatura ambiente.
Principais cervejas
  • As Ales (Amber Ale, Irish Red Ale, Pale Ales, etc.)
  • Cervejas de trigo (em geral)
  • Stout
  • Porter
  • Dubbel
  • Tripel
  • As Lagers (Amber Lager, Vienna Lager, Dark Lager, etc.)
  • Pilsen
  • Helles
  • Bock
  • Dunkel
  • As Lambics (Straight Lambic, Fruit Lambic, etc.)
  • Gueuze
  • Kriek
  • Faro

Em todo o mundo, existem milhares de cervejas diferentes, que variam de acordo com sua receita e a criatividade do cervejeiro. Segundo a "lei de pureza" alemã (Reinheitsgebot) de 1516, a cerveja deve ser feita a partir de apenas três ingredientes: água, malte de cevada e lúpulo.

Até hoje, esse preceito é seguido por diversas cervejarias em todo o mundo. Ainda que existam diversas formas distintas de se produzir esta que é umas das mais antigas bebidas do mundo, os modos de produção tendem a obedecer um padrão.

Apesar das inúmeras receitas, existem três principais modos de fermentação que unem as cervejas industrializadas e artesanais como uma família.

Tipos de cerveja
Os principais tipos de cerveja pertencem a famílias diferentes de acordo com a sua fermentação

Cervejas ale

As ales são produzidas a partir da alta fermentação. Isto quer dizer que, devido à temperatura na qual a fermentação ocorre (15ºC-24ºC), as leveduras se localizam no alto do recipiente.

São fermentadas através de uma levedura chamada Saccharomyces cerevisiae. Esse processo dura cerca de uma a duas semanas para essas leveduras completarem o processo de fermentação.

Algumas cervejas da família ale como a India Pale Ale (IPA) e a American Pale Ale (APA) possuem uma grande popularidade entre os consumidores brasileiros e são muito comuns nas cervejarias artesanais.

Cerveja Ale
As cervejas ale são feitas a partir da alta fermentação, em temperaturas mais altas o processo dura menos tempo e a cerveja pode ser consumida até uma semana após o início da produção

As cervejas vermelhas ou mais avermelhadas como a Irish Red Ale e a Amber Ale também possuem muitos fãs. Alguns outros tipos, como a Stout e a Porter, são mais escuros e encorpados, muito populares na Europa, mas não têm um consumo tão grande por conta do clima quente do Brasil.

Outros estilos bem conhecidos de ale são as cervejas trapistas. Recebem esse nome por serem originalmente produzidas por padres da Ordem Trapista da Bélgica e da Holanda. As principais são a dubbel, tripel e quadrupel de alto teor alcoólico, chegando a 11%, em média.

Já as cervejas de trigo, geralmente, também são do tipo ale. Conhecidas por weissbier e weizenbier, são originárias da Alemanha e variam de acordo com o local e estilo de fabricação. Em geral possuem uma cor bem amarelada, às vezes, um pouco turva.

Outro tipo de cerveja de trigo muito conhecido e apreciado é a witbier, original da Bélgica. Em sua receita, além do trigo, encontra-se outros ingredientes como cascas de laranja e coentro. São bastante leves e refrescantes.

Cervejas lager

As cervejas lagers são responsáveis por quase 90% de toda a cerveja consumida no mundo. Dentre elas, a cerveja mais popular e consumida no Brasil chamadas de pilsen, pilsner ou pilsener.

Entretanto, as cervejas pilsen não atendem aos requisitos da cerveja pilsen de origem tcheca, pois utilizam milho e arroz na produção. Tratam-se, então, de outro tipo de lager, a American Light Lager ou American Standard Lager.

cervejas lager
As cervejas do tipo lager são as mais populares do mundo

As cervejas lagers possuem outros estilos famosos por aqui, como a Vienna Lager, a Amber Lager e a Dark Lager. As Bocks, assim como as ales: Stout e Porter, são melhores se consumidas em clima mais frio.

Em geral, as lagers devem ser consumidas mais geladas em comparação com as ales.

Cervejas lambic

As cervejas lambics não são tão comuns no Brasil. São o tipo mais antigo de cerveja. Por utilizarem a fermentação espontânea a partir de leveduras selvagens existentes no ar, sua fermentação e produção já foi algo visto como sobrenatural.

Hoje em dia, são poucas as cervejarias que ainda utilizam o método de fermentação espontânea. A baixa produção sazonal torna o preço mais alto do que a maioria das cervejas.

A fermentação é feita por leveduras encontradas no ar, principalmente, a Brettanomyce. O processo de fermentação e maturação de uma lambic pode durar de 5 meses a anos e devem ser consumidas frescas.

Fermentação Lambic
A fermentação das cervejas lambic são feitas de forma espontânea e posteriormente são armazenadas em barris de madeira para a maturação

Mesmo assim, algumas cervejas do tipo lambic são conhecidas no Brasil, como o estilo kriek, que leva ginja, uma cereja ácida, entre os ingredientes.

Existem receitas que utilizam outros tipos de frutos vermelhos, que são conhecidas como fruit lambic,e também podem ser encontradas no mercado brasileiro. Também são lambics a Straight Lambic e a Gueuze.

Veja também a diferença entre: