Película de gel e película de vidro


Pedro Menezes
Pedro Menezes
Professor de Filosofia

As películas de gel é também chamadas de películas de silicone. São feitas a partir de um material bastante flexível, que absorve os impactos e protege a tela do celular.

Já as películas de vidro são feitas para quebrar. Ao estilhaçar, dissipam a força dos impactos, não transmitindo-a para a tela do telefone ou para seus componentes internos.

Os dois tipos de película protetora são muito utilizados, garantem a proteção da tela e preservam a funcionalidade do touchscreen.

Película de Gel/Silicone Película de Vidro
Características Material transparente, maleável e flexível. Material transparente e pouco flexível.
Vantagens
  • Durabilidade.
  • Compatíveis com aparelhos de tela curva ou bordas arredondadas.
  • Cobre e protege todo o display.
  • Mais discreta, é menos evidente quando instalada.
  • Preços um pouco mais baixos em relação às películas de gel/silicone.
  • Fácil instalação e reinstalação.
  • Maior absorção de impactos.
Desvantagens
  • Preço mais alto em relação às películas de vidro.
  • Fazem marcas e arranhões em contato com objetos duros ou pontiagudos.
  • Maior dificuldade para a instalação ou reinstalação.
  • Fragilidade, quebram muito facilmente.
  • Não se adaptam a aparelhos com as bordas da tela arredondadas.
  • Não cobrem toda a superfície do display.

Película de gel

Feitas de um tipo de plástico maleável e resistente, as películas de gel, ou silicone, são uma boa opção para celulares com a tela curva ou bordas arredondadas (2.5D). É o caso de modelos como o Galaxy S8, alguns iPhones e outros, aos quais as películas de vidro comuns não aderem totalmente.

Película de gel

São muito boas por se adaptarem aos diferentes formatos, envolvendo todas as áreas da tela. Também são vantajosas por resistirem a quedas não muito violentas, sem comprometer o aparelho.

As principais desvantagens desse tipo de película são:

  • O preço mais alto em comparação às películas de vidro.
  • O fato de ficarem facilmente marcadas e arranhadas.
  • Desgaste de suas bordas.

Película de vidro

As películas de vidro são as mais comuns. Produzidas com um vidro temperado, evitam arranhões, riscos e fissuras, fazendo com que a força dos impactos não danifique o aparelho.

película de vidro

Apresentam como vantagem o preço mais baixo em relação às películas de gel e uma maior facilidade na instalação, pois formam menos bolhas.

As principais desvantagens desse tipo de película são:

  • Fragilidade, trincando e estilhaçando com os impactos de pequenas quedas.
  • Não cobrem totalmente a tela de alguns aparelhos, deixando expostas as bordas e extremidades.
  • Necessitam de substituição com maior regularidade.

Película 5D

A película 5D é uma alternativa à película de vidro comum. Essas películas são mais resistentes e possuem uma curvatura que se adapta ao modelo do celular. Diferente das demais películas de vidro, as películas 5d cobrem e protegem todo o display.

Por outro lado, seu preço pode ser cinco vezes maior que uma película de vidro comum.

Qual película é melhor, gel ou vidro?

Essa resposta só pode ser dada em função do aparelho e da maneira como ele é utilizado pelo usuário.

As duas opções são muito boas e cumprem um um importante papel de proteger o celular e evitar um custo ainda maior com o reparo da tela.

Tela quebrada de celular

As películas de gel não são uma boa escolha para pessoas que costumam guardar o telefone no bolso ou bolsas, em meio a moedas, chaves ou outros objetos. Elas arranham facilmente, dificultando a visualização da tela.

Entretanto, podem ser indicadas para pessoas que possuem celulares com a tela curva ou arredondada nas bordas.

Já as películas de vidro não são uma boa opção para as pessoas que costumam derrubar muitas vezes o aparelho. Elas estarão sempre quebradas e precisando de substituição, o que pode aumentar bastante o custo.

Por outro lado, se a pessoa possui um aparelho que não possui a tela totalmente plana, a película 5D pode ser uma boa opção.

Veja também a diferença entre:

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrando em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).