Zircônia e diamante


Embora sejam bem parecidos, a principal diferença entre a zircônia e o diamante é que a zircônia é um mineral sintético. Já o diamante é um mineral natural. A zircônia cúbica é fabricada para ser um substituto menos caro para os diamantes, que são raros e podem custar muito dinheiro.

Veja a seguir outras maneiras de distinguir um diamante de uma zircônia:

ZircôniaDiamante
DefiniçãoA zircônia é a forma cúbica cristalina do dióxido de zircônio (ZrO2). É um mineral sintetizado para ser uma alternativa ao diamante.O diamante é um mineral natural, um alótropo de carbono.
CorComo a zircônia é sintética, ela pode ser feita absolutamente incolor, ou em diferentes cores.Os diamantes geralmente têm um tom amarelo ou marrom. Os diamantes incolores são muito raros.
PreçoMédia de 30 reais por quilate.Média de 21 mil reais por quilate.
UsoPrincipalmente como uma pedra preciosa, pois tem alta semelhança com o diamante.Como joia, mas também para fins industriais, como experimentos ou usado em instrumento de corte.
MaterialSintético.Natural.
Fórmula químicaZrO2C
Refração2.1762.417
Dispersão (responsável pelo brilho da pedra)Com 0.060, a zircônia tem mais brilho e reflete mais luz0.044
DurezaRelativamente dura, embora não tanto quanto o diamante. Possui 8.5 na escala de dureza Mohs.Extremamente duro, sendo 10 na escala Mohs.
DensidadeEntre 5.5 e 5.9, ou seja, a zircônia é mais pesada que o diamante.3.5 a 3.53.
Ponto de derretimento2750º C.3550º C.
Condutividade térmicaIsolador térmico.Condutor térmico.
DefeitosComo é sintético, ele é produzido quase sem defeitos.Como qualquer pedra natural, possui vários defeitos.

O que é a zircônia cúbica?

A zircônia cúbica é uma pedra com brilho e clareza semelhante a um diamante, porém produzida artificialmente. Por isso, geralmente ela é incolor e sem defeitos. Apesar disso, ela também pode ser produzida em diferentes cores, como verde, laranja e rosa.

Esse mineral é uma alternativa acessível aos diamantes. Por esse motivo, acaba muito utilizado em joias e anéis de casamento.

zircônia rosa
Zircônias podem ser produzidas em diferentes cores.

O que é o diamante?

O diamante é puro carbono, ou seja, é um mineral natural. Além de ser utilizado como joia, sua dureza e alta dispersão de luz o tornam útil para aplicações industriais. Devido às suas características e por sua raridade, essa pedra tem um custo muito alto.

diamante

Cor das pedras

Os diamantes são geralmente de tom amarelo ou marrom, devido ao nitrogênio encontrado neles. Essas pedras preciosas são classificadas pela escala D-Z, onde o D representa os diamantes incolores e mais valiosos.

Pelo fato de ser um produto sintetizado, a zircônia cúbica pode ser feita absolutamente incolor, chegando a escala D na classificação de diamantes.

Diamante amarelo bruto
Diamantes costumam ter tons amarelados ou marrons

Valor da zircônia cúbica e do diamante

Devido às características dos diamantes e à sua raridade, o custo dos diamantes é muito alto. Por outro lado, a zircônia cúbica é muito mais acessível.

Uma pedra de zircônia de um quilate custa cerca de R$ 60, enquanto um diamante de um quilate pode custar cerca de R$ 4.500.

As diferenças de preço entre a zircônia cúbica e diamantes se tornam ainda mais significativas quando falamos de muitos quilates. Por exemplo, um diamante de dois quilates é vendido por cerca de R$ 15 mil a R$ 21 mil. Já uma zircônia cúbica de dois quilates é vendida por cerca de R$ 90.

Índice de dispersão e refração

Os índices de dispersão e refração de uma pedra preciosa afetam a forma como a luz passa e reflete nela.

A dispersão ocorre quando a luz passa através de uma pedra preciosa e é dispersa, contribuindo para o brilho da pedra. Já o índice de refração é o ângulo em que a luz se curva quando passa por uma pedra preciosa.

A zircônia cúbica tem um maior índice de dispersão. Por isso, irá refletir mais luz mais do que um diamante. Por outro lado, ela tem um índice de refração mais baixo. Por isso, seu brilho é menos profundo.

A maioria das pessoas não consegue distinguir entre os dois apenas pela visão. No entanto, as pedras de zircônia de quilate maiores brilham mais do que um diamante grande, mas não tem a profundidade cativante que um diamante exibe.

Quanto maior o quilate dessas pedras, mais facilmente pode-se identificar as diferenças.

Dureza das zircônias e dos diamantes

O diamante é o material natural mais duro conhecido pelo homem, medindo 10 na escala Mohs de dureza.

Eles são bons abrasivos e podem ser arranhados apenas por outros diamantes. Por isso, além de joia, a pedra também costuma ser usada na indústria para polir, cortar ou desgastar qualquer material, incluindo outros diamantes.

Diamante industria

A zircônia cúbica também é relativamente dura em comparação com outras pedras preciosas, embora sua dureza chegue apenas a 8.5 na escala de Mohs.

Defeitos na zircônia cúbica e no diamante

Por ser um mineral natural, quase todos os diamantes têm algum tipo de defeito. Por isso, um diamante impecável é extremamente raro e valioso.

As chances de se encontrar um defeito em uma zircônia cúbica é quase nula, visto que é um produto sintético.

As diferenças entre as gemas sem falhas e gemas com pequenos defeitos, como inclusões, dificilmente podem ser vistas a olho nu. Porém, esse é um dos quesitos que os joalheiros utilizam para identificar pedras de zircônia cúbica e diamantes.

Veja também a diferença entre: