Dominante e recessivo


O termo dominante está relacionado com a transmissão genética de característica e é representado, na biologia, por letra maiúscula (A, B ou V). Enquanto recessivo, representado por letra minúscula (a, b ou v), representam características genéticas transmitidas apenas na ausência do gene dominante.

Os alelos são pares de genes que ocupam o mesmo lócus na cadeia do DNA. Essa formação ocorre através do cruzamento genético entre dois indivíduos de uma mesma espécie, chamados de progenitores ("pai" e "mãe").

O gene é um trecho do DNA de uma célula que possui a função de transmitir informações. Essas informações encontram-se no genótipo (constituição genética) do indivíduo, apresentada no fenótipo (constituição genética e sua interação com o ambiente).

A formação desses pares pode se dar de três formas:

  • AA (homozigoto dominante);
  • Aa (heterozigoto dominante);
  • aa (homozigoto recessivo).
Dominante Recessivo
Conceito Genes que transmitem características hereditárias, independente do modo de formação do alelo. Assim, genes dominantes sempre manifestarão suas características. Genes que ficam escondidos/inativos (recessivos) na presença de outro dominante. Só manifestam suas características quando combinados com outro gene recessivo.
Formações
  • AA ou Aa
  • BB ou Bb
  • VV ou Vv.
  • aa
  • bb
  • vv
Exemplos
  • Nariz aquilino
  • Calvície
  • Cabelo escuro (castanho ou preto)
  • Olhos de cor escura
  • Polegar ou mindinho curvos
  • Capacidade de enrolar a língua
  • Nariz reto
  • Cabelo ruivo ou louro
  • Olhos azuis
  • Tipo sanguíneo negativo
  • Ser canhoto
  • Polegar ou mindinho retos
Doenças genéticas
  • Polidactilia
  • Doença de Huntington
  • Doença de von Hippel
  • Daltonismo
  • Miopia
  • Albinismo

A descoberta desses genes foi obra do cientista Gregor Mendel (1822-1884), que realizou o cruzamento teste entre plantas e definiu que as características presentes nos indivíduos são provenientes de seus

O que são os genes dominantes?

Os genes dominantes são aqueles que definem as características apresentadas no fenótipo mesmo quando unidos com outro gene dominante ou recessivo:

  • Homozigoto - AA, BB, VV
  • Heterozigoto - Aa, Bb, Vv

Os genes dominantes podem se organizar de dois modos distintos. Como dominam e são responsáveis pelas características aparentes no fenótipo, podem estar presentes na cadeia do DNA como genes alelos homozigotos (junção de dois genes dominantes) ou genes alelos heterozigotos (um gene dominante e um gene recessivo).

O que são os genes recessivos?

Os genes recessivos são aqueles que encontram-se escondidos quando em par com os genes dominantes. Para que uma característica hereditária recessiva seja aparente no fenótipo é necessário haver um par de genes recessivos.

Assim, somente genes alelos homozigotos (aa, bb, vv) apresentam características aparentes no fenótipo.

Em geral, as características provenientes de genes recessivos apresentarão uma menor manifestação que as características dominantes. Por exemplo, apenas 10% da população mundial é canhota ou 2% apresentam os pelos de coloração ruiva.

Alguns estudos científicos apontam que os cabelos loiros naturais, frutos da recessividade, podem desaparecer em cerca de 200 anos.

O que é o cruzamento teste de Mendel?

Mendel buscou analisar a transmissão de características hereditárias. Para isso, realizou um cruzamento teste em uma espécie de ervilha que apresentava dois fenótipos distintos: vagem amarela e vagem verde.

A partir desse cruzamento Mendel notou que a característica amarela da ervilha era dominante. Ao cruzar uma ervilha amarela homozigótica com outra homozigótica verde o resultado era sempre de ervilhas amarelas.

Isso se dá porque nesse caso as associações possíveis são sempre Aa. Já na terceira geração o cruzamento possibilitaria o aparecimento de ervilhas verdes em 25% dos casos, como mostra a imagem:

Cruzamento teste de Mendel
Cruzamento teste (1ª, 2ª e 3ª gerações)

Veja também a diferença entre:

Atualizado em