Cidade e Município


Uma cidade é uma aglomeração de pessoas, unidas em um perímetro urbano. É formada por casas, geralmente próximas umas às outras, e outros edifícios. As cidades contam com serviços que atendem as necessidades básicas da população, como saneamento e distribuição de eletricidade.

Já o município engloba não apenas o perímetro urbano, mas territórios rurais e devem contar com uma administração pública. Uma cidade e/ou região passa a ser um município se tiver governo e jurisdição próprios, esferas da sociedade então gerenciadas pela prefeitura.

CidadeMunicípio
Definição

Aglomeração de pessoas em perímetro urbano. É formada por casas e outros edifícios e contam com serviços que atendem necessidades básicas, como saneamento e eletricidade.

O município engloba o perímetro urbano e territórios rurais, contando com administração pública e jurisdição própria.

Tipos / Subdivisões
  • Natural ou planejada
  • Industrial e/ou portuária, universitária
  • Histórica, religiosa e/ou turística
  • Bairros
  • Distritos

O que é uma cidade?

Apesar de não haver uma definição clara do termo “cidade”, para ser considerada uma, a área urbana precisa levar em consideração uma série de requisitos. Entre estes, encontram-se a densidade populacional e o estatuto legal.

Uma cidade também precisa proporcionar uma série de ações para que a população tenha acesso à água, esgoto e eletricidade. Além destes serviços de necessidade básica, há vários outros, como comércio e atividades culturais, que mantêm vivas as tradições da população.

No entanto e mais recentemente, uma série de requisitos mais específicos também são levados em conta ao definir um aglomeramento humano como cidade. Entre estes, é preciso certa organização das propriedades e padrões de convivência, que incluem o modo vida.

Vista aérea da cidade de São Paulo
Vista aérea da cidade de São Paulo

Tipos de cidade

A definição de cidade varia de acordo com o país. Muitos consideram cidade um aglomeramento humano com determinado número de habitantes, enquanto outros definem cidades puramente pelo âmbito administrativo.

Vale destacar, entretanto, que uma cidade pode ser a sede de um município, definindo o aglomeramento humano em dada região.

Assim, a cidade pode ser dividida entre vários tipos. Entre eles estão as naturais, que surgem sem planejamento, e as planejadas, que passaram pela elaboração de um projeto antes de serem construídas.

Como exemplos de cidades naturais, podemos citar o Rio de Janeiro e São Paulo. A cidade planejada mais famosa do Brasil é a capital, Brasília, mas Belo Horizonte, Goiânia e Aracaju também são exemplos de cidades brasileiras planejadas.

Há ainda a cidade industrial, que tem uma população e economia voltada a indústrias em determinadas regiões, que giram o fluxo de capital na cidade. Existem cidades que também se destacam pelas atividades comerciais. No Brasil, o maior é exemplo é Manaus e seu polo industrial, localizado em uma zona franca.

Neste sentido ainda temos as cidades portuárias, que tem uma economia baseada no comércio, importação e exportação de produtos. Existem ainda cidades históricas, religiosas e turísticas.

Em resumo, atualmente, pode-se identificar os seguintes tipos de cidade:

  • Cidades naturais, que surgiram sem planejamento;
  • Cidades planejadas, que nasceram de um projeto previamente elaborado;
  • Cidades industriais, desenvolvidas ao redor de grandes indústrias, que movimentam a economia local;
  • Cidades portuárias, situadas em costas e rios e que se baseiam em atividades de comércio, importação e exportação no fluxo econômico;
  • Cidades universitárias, conhecidas por serem sedes de universidades e faculdades, atraindo pessoas para estudarem e trabalharem nesses polos de conhecimento;
  • Cidades comerciais, que tem a economia baseada na venda de bens e serviços e/ou outras transações comerciais;
  • Cidades históricas, locais de valioso patrimônio para a humanidade, seja arquitetônico, cultural, etc.;
  • Cidades religiosas, que atraem fiéis de várias religiões para culto a divindades;
  • Cidades turísticas, que têm a maior parte da economia ancorada no turismo.

O que é um município?

A palavra município faz referência a uma região que conta com administração e jurisdição próprios. Os anseios da população de um município devem ser supridos pela prefeitura, que encabeça a hierarquia governamental da região municipal.

Além de certa autonomia, com a criação de leis próprias, o município é muitas vezes designado como a união de espaços urbanos e rurais, debaixo de um único governo.

Com exceção de Brasília e do arquipélago de Fernando de Noronha, todo o Brasil é subdividido em municípios. Um município é liderado pela prefeitura e pela câmara municipal, onde são debatidos assuntos referentes à jurisdição e organização da região administrada.

Mapa do Brasil dividido em municípios
Atualmente, o Brasil tem 5.570 municípios, vistos no mapa acima

Subdivisões de um município

Um município pode ter dois tipos de subdivisões: bairros, que delimitam locais dentro do perímetro urbano; e distritos, que podem ser reconhecidos pela prefeitura dependendo de alguns critérios, como a densidade populacional.

  • Bairros: é a menor unidade de uma área urbana, sendo comum em praticamente todo o mundo.
  • Distritos: formados por grupos de residentes que moram afastados da área urbanizada (cidade) do município. Caso o crescimento natural da cidade não os englobe com o tempo, podem requerer se tornar novos municípios.

O poder político de um município é centrado no papel do prefeito. Ele representa os habitantes e indica pessoas de sua confiança para cargos administrativos.

Veja também a diferença entre: