Corrente contínua e corrente alternada


Na corrente contínua (CC), o fluxo de elétrons dentro de um circuito elétrico ocorre em apenas uma direção . Já na corrente alternada, há também o fluxo em sentido inverso.

Desse modo, a corrente contínua será positiva ou negativa, estando presente em circuitos eletroeletrônicos de baixa tensão. Enquanto a carga alternada varia entre negativa e positiva, sendo utilizada em circuitos elétricos e linhas de transmissão de alta tensão.

Corrente Contínua (CC) Corrente Alternada (CA)
Características Não alterna a direção do fluxo dentro do circuito. Há a alternância da direção do fluxo e, consequentemente, da carga.
Exemplos
  • Pilhas
  • Baterias
  • Dínamos
  • Energia fotovoltaica (energia solar)
  • Fontes retificadoras de corrente
  • Usinas elétricas
  • Geradores de energia
  • Alternadores
  • Inversores de corrente
Utilização
  • Circuitos eletroeletrônicos.
  • Circuitos de baixa tensão.
  • Geração de energia solar.
  • Linhas de transmissão submarinas.
  • Transporte de energia (linhas de transmissão).
  • Circuitos elétricos.
  • Circuitos de alta tensão.

A variação de carga da corrente alternada é medida em ciclos por segundo, essa frequência é chamada de hertz (Hz). A quantidade de ciclos por segundo de corrente alternada pode variar de lugar para lugar. No Brasil, a frequência adotada nos circuitos elétricos é de 60 Hz.

Corrente Elétrica

Para compreender a diferença entre corrente contínua e corrente alternada é preciso compreender o que é uma corrente elétrica. A corrente elétrica é o movimento dos íons e elétrons em um material condutor. Esse fluxo ocorre devido à diferença de potencial entre um ponto inicial e um ponto final.

Correntes elétricas
Gráfico de correntes elétricas: pulsante, constante, variável e alternada

O movimento dos elétrons pode se dar em apenas uma direção (CC) ou alternadamente em ambas as direções (CA).

O que é corrente contínua?

Corrente contínua é toda corrente elétrica em que o fluxo de elétrons não muda de direção. Assim, a carga permanece sempre a mesma.

Essa carga pode ser constante, no caso de não haver nenhuma mudança de rendimento ou pulsante, quando há uma variação de seu rendimento sem a mudança de sentido.

Correntes contínuas
Legenda

É importante perceber que mesmo ao oscilar, se não alternar a direção do fluxo de elétrons, a corrente é considerada contínua.

Pilhas, baterias, dínamos e painéis solares geram correntes contínuas utilizadas em circuitos de baixa tensão, como computadores, celulares e aparelhos eletrônicos em geral.

Em muitos casos, a corrente elétrica chega como corrente alternada e é transformada em corrente contínua por diodos, transistores e fontes retificadoras.

O que é corrente alternada?

Diferente da corrente contínua, na corrente alternada, os elétrons se deslocam em duas direções alternadamente. Desse modo, a carga é ora positiva, ora negativa. Essa variação é chamada de ciclo e ocorre entre 50 e 60 vezes por segundo em um circuito elétrico comum.

Gráfico de corrente alternada
Gráfico de corrente alternada (senoide)

A unidade de medida desses ciclos por segundo é chamada de hertz (Hz). Isso quer dizer que os polos da tomada de uma casa não são nem positivos, nem negativos. Ou melhor, a cada segundo, cada um dos polos foi 60 vezes positivo e 60 vezes negativo.

A vantagem da corrente alternada é que ela pode ser transmitida por longas distâncias mais facilmente e ter sua tensão elevada ou diminuída por transformadores.

Assim, as linhas de transmissão que saem das usinas elétricas e transportam energia elétrica, o fazem com correntes alternadas. Essa energia sai da usinas com uma tensão próxima a 750kV, passa por subestações e transformadores e chega às tomadas das casas com uma tensão de 110 ou 220 volts.

A variação da corrente alternada não pode ser percebida pelo olho humano, mas aparelhos que utilizam esse tipo de corrente funcionam de acordo com essa frequência.

O vídeo abaixo mostra uma lâmpada acendendo em super câmera lenta onde se percebe a variação de corrente:

Interessou? Veja também a diferença entre:

Atualizado em