Voto nulo e voto branco


A diferença entre o voto nulo e o voto branco está apenas nos dígitos que o eleitor deve pressionar na urna eletrônica, pois desde 1997 tanto o nulo quanto o branco não são incluídos na contagem de votos.

O voto nulo ocorre quando o eleitor digita um número inexistente, como "00", e confirma. Já o voto branco acontece quando o eleitor pressiona a tecla “branco”.

Voto nuloVoto branco
Como votarO eleitor digita um número que não pertence à nenhum candidato, e pressiona "confirma".O eleitor pressiona a tecla "branco", e pressiona "confirma".
O que representaQue o eleitor deseja anular o seu voto.Que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos que estão concorrendo.
O que acontece com o votoO voto não é contabilizado.O voto não é contabilizado.

O que é o voto em branco?

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em branco é o voto onde o eleitor não manifesta sua preferência por nenhum dos candidatos que estão concorrendo à eleição.

Para votar em branco, o eleitor apenas precisa pressionar a tecla "branco" na urna eletrônica e confirmar, e então seu voto não será contabilizado.

O que é o voto nulo?

Segundo o TSE, o voto nulo é aquele onde o eleitor manifesta sua vontade de anular o seu voto. Para votar nulo, o eleitor precisa digitar um número que não pertença a nenhum dos candidatos, como "00", e depois confirmar. 

Existe diferença entre voto nulo e branco?

Não. Desde 1997 não existe mais diferença entre o voto nulo e branco, e ambos não são contabilizados como votos válidos, utilizados para eleger os candidatos.

Antigamente, o voto branco era considerado como válido, sendo dado para o candidato vencedor. Ele tido como um voto de conformismo, onde o eleitor se mostrava satisfeito com o candidato vencedor das eleições. Já o voto nulo era considerado como um voto de protesto contra os candidatos, e era inválido na contagem dos votos.  

Porém, atualmente não existe essa diferença e ambos os votos não são mais contabilizados, sendo considerados inválidos pela Justiça Federal.

O que acontece se mais de 50% dos votos forem nulos ou brancos?

Existe um mito de que se mais de 50% dos votos forem nulos, a eleição seria cancelada, porém essa confusão só acontece por uma interpretação equivocada do Artigo n° 224 do Código Eleitoral Brasileiro.

O Artigo diz que se a nulidade da eleição for maior que 50%, deverá ser feita outra eleição com candidatos diferentes, porém segundo o TSE, essa nulidade não tem ligação com os votos nulos, mas sim com a ocorrência de fraudes eleitorais.