PGBL e VGBL


A principal diferença entre o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e o Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) está na tributação que incide em cada um.

Isso ocorre porque, ainda que ambos sejam utilizados para o mesmo fim, o PGBL é considerado um plano de previdência complementar e o VGBL, um seguro de pessoas.

Enquanto no PGBL o investidor pode deduzir até 12% de sua renda bruta gastos com o plano de previdência, no VGBL há a tributação apenas sobre o rendimento do investimento.

PGBL VGBL
Definição Plano de previdência complementar aberta. Seguro de pessoas.
Dedução no IR

Dedução de até 12% da renda bruta anual.

Não há dedutibilidade.

Vantagens A dedução do imposto de renda integra a rentabilidade do capital investido. Na ocasião do saque, só será tributada uma porcentagem sobre os rendimentos.

Ambos os planos são compostos de duas fases:

  • Fase de arrecadação ou acumulação: quando o capital é investido no plano.
  • Fase de benefício: quando o capital é resgatado (de uma vez só ou em parcelas mensais).

Estão sujeitos às taxas administrativas como a maioria dos investimentos. Entretanto, por se tratarem de planos de previdência, não possuem come-cotas, o pagamento semestral sobre o capital investido.

O que é PGBL?

O PGBL é um plano de previdência complementar aberta recomendado para quem faz a declaração completa do imposto de renda.

Desse modo, há a possibilidade de dedução do investimento acumulado no ano do imposto devido, até o limite de 12% da renda bruta.

Isso torna o PGBL uma opção atrativa para quem opta pelo modelo completo de declaração de renda. Entretanto, ao final da fase de acumulação, na fase do benefício, o imposto debitado do montante total.

Vantagem do PGBL

A grande vantagem do PGBL é o fato do rendimento englobar a parcela que seria recolhida diretamente no IR. Essa diferença pode ser bastante relevante na fase do benefício.

O que é VGBL?

O Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL) é recomendado para quem não recolhe o imposto de renda, investe mais de 12% da renda em previdência ou realiza a declaração simplificada.

No modelo simplificado de declaração do IR, o investidor está sujeito à tributação padrão de 20%.

No VGBL, não há dedutibilidade fiscal na fase de aplicação. Entretanto, na fase do benefício a tributação recai apenas sobre os rendimentos.

Vantagem do VGBL

O VGBL é vantajoso para as pessoas que querem arrecadar mais do que os 12% dedutíveis do PGBL, para as pessoas que fazem a declaração simplificada do imposto de renda e para os isentos.

Tabela progressiva e regressiva de tributação

Posteriormente à escolha entre PGBL e VGBL, a pessoa terá também que escolher entre a tabela de tributação progressiva ou regressiva.

A tabela progressiva acompanha a tributação padrão do salário:

  • Até R$ 1.903,98: isento.
  • De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65: 7,5%.
  • De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,55: 15%.
  • De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68: 22,5%.
  • Acima de R$ 4.664,68: 27,5%.

No resgate do investimento, é realizado o desconto padrão de 15%.

A tabela regressiva tem como objetivo estimular os investimentos de longo prazo. Por isso, é vantajosa para quem vai investir por um período bem superior a 10 anos.

Tabela regressiva:

  • Até 2 anos: 35%.
  • De 2 a 4 anos: 30%.
  • De 4 a 6 anos: 25%.
  • De 6 a 8 anos: 20%.
  • De 8 a 10 anos: 15%.
  • Acima de 10 anos: 10%.

Veja também a diferença entre: