Igreja Católica e Igreja Ortodoxa


A Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa são vertentes do Cristianismo, que se diferem em algumas tradições. Primeiramente, a Igreja Católica acredita na primazia papal, sendo o papa a sua autoridade máxima em toda a Igreja, enquanto os Ortodoxos não creem em sua supremacia.

Devido a uma divisão histórica, alguns de seus rituais, crenças e até mesmo a sua cruz são diferentes. Entenda melhor essas diferenças:

Igreja CatólicaIgreja Ortodoxa
PapaÉ a autoridade máxima.Não reconhecem o papa como autoridade máxima da Igreja. Sua hierarquia mais alta é o Patriarca.
Casamento e castidadeA castidade e celibato é obrigatório para todos os sacerdotes.Castidade é opcional para o padre, que pode se casar, mas obrigatório ao bispo.
CalendárioSeguem o calendário Gregoriano, de 365 dias.Usam o calendário Juliano, que possui uma diferença de 13 dias do Gregoriano.
CruzCruz com apenas uma barra horizontal.A cruz ortodoxa possui 3 barras.
Quaresma40 dias.47 dias.
Língua nos cultosAnteriormente era utilizado o latim. Hoje varia de acordo com a língua local. Depende da língua local.
ImagensUtilizam estátuas e quadros para representar os santos.Não usam estátuas, só quadros.
Poder na históriaPapa tinha poder acima dos reis e governantes.Imperadores tem poder acima do Patriarca e bispos.
OraçãoCostumam rezar ajoelhados.Costumam rezar de pé.
PurgatórioCreem no purgatório.Não acreditam.

Divisão da Igreja Católica e Ortodoxa

Até o fim do século X, a Igreja Católica e Ortodoxa eram uma só.

Com o objetivo de aumentar o poder do Cristianismo pelo Oriente, eles concentraram neste território quatro de suas cinco áreas principais: Constantinopla (atual Turquia), Alexandria (atual Egito), Antioquia (Grécia), Jerusalém e Roma.   

Os que hoje se denominam da Igreja Católica estavam radicados na Europa Ocidental, enquanto os que se tornaram Ortodoxos se concentravam na Europa Oriental e Oriente Médio.

Com o tempo, as diferenças culturais e lutas por poder começaram o rompimento das duas vertentes. A diferença na língua e o questionamento da autoridade papal levaram à separação das Igrejas em 1054, na chamada Cisma do Oriente.

Devido ao contexto histórico, a maior parte das Igrejas Ortodoxas ainda se concentram na Europa Oriental e Oriente Médio.

A Cruz Católica e a Cruz Ortodoxa

cruz católica e cruz ortodoxa

Enquanto a cruz católica possui apenas uma barra, a cruz ortodoxa possui três. A barra de cima representa onde foi colocada a inscrição INRI (Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus) e a debaixo seria para o apoio dos pés de Jesus.

Diferenças na hierarquia e primazia do Papa

Uma das maiores diferenças entre as duas vertentes do cristianismo está em sua visão sobre o Papa. A Igreja Católica acredita na primazia papal, já os ortodoxos, apesar de reconhecerem o papa, rejeitam sua supremacia.

Na Igreja Ortodoxa, o cargo mais alto da hierarquia é a do Patriarca, que assim como o Papa, tem a função de unificar a Igreja.

Diferentemente da Igreja Católica, que tem sua sede no Vaticano, a Igreja Ortodoxa é dividida em outras igrejas, como a Igreja Ortodoxa Russa, sob jurisdição do Patriarca de Moscovo e a Igreja Ortodoxa Grega. O Patriarca não possui uma autoridade total, por isso nenhum deles tem jurisdição direta sobre os outros.

Diferenças nos rituais

No passado, a linguagem utilizada durante os cultos foi uma grande diferença entre essas duas vertentes. Enquanto nas Igreja Católicas Romanas os cultos eram realizados em latim, nas Igrejas Ortodoxas eram usadas as línguas nativas, como grego ou hebraico.

Em suas Igrejas também há uma diferença sobre o uso de imagens. Na Igreja Católica são usadas tanto estátuas quanto pinturas, enquanto na Ortodoxa os fiéis não prestam homenagens à estatuas.

Outra diferença está no modo de rezar. Enquanto os católicos romanos costumam orar ajoelhados, os ortodoxos o fazem de pé.

Calendário e datas comemorativas

Devido à diferença de seu calendário, as datas de Páscoa e Natal são comemoradas em dias diferentes. Enquanto o Natal católico é comemorado no dia 25 de dezembro, os ortodoxos o comemoram dia 7 de janeiro.

Também há uma diferença no tempo de quaresma. Para o católicos, a quaresma dura 40 dias, enquanto para os ortodoxos ela dura 47.

Veja também a diferença entre Protestantes e Evangélicos