Caráter e personalidade


Emerson Machado
Emerson Machado
Jornalista

O caráter é formado por traços morais de um indivíduo que determinam a forma contante de uma pessoa agir e reagir. Já a personalidade é um conjunto de características psicológicas que ditam como uma pessoa pensa, sente e age.

Em termos gerais, o caráter fomenta de forma constante a maneira que uma pessoa age. Resumidamente, pode-se dizer que o caráter tem a ver com a índole do indivíduo, assim como a firmeza de sua força de vontade.

A personalidade, de modo geral, distingue características marcantes de uma pessoa. É a sua individualidade. Ou seja, determina como a pessoa se relaciona socialmente, com um estilo único na forma de pensar, sentir e agir.

O que é caráter?

O caráter é um conjunto de traços ligados à moral de um indivíduo. Neste sentido, suas atitudes serão coerentes com a sua índole, natureza e temperamento.

As qualidades que constituem o caráter de uma pessoa podem ser boas ou más. Assim, determinam o conceito de moral que irá reger as atitudes de uma pessoa. Por isso, existem as expressões:

  • Bom caráter
  • De caráter
  • Mau caráter
  • Sem caráter

As duas primeiras expressões fazem referência a um indivíduo com uma boa e sólida formação moral. As duas últimas se referem a alguém de índole passível de questionamento. Isto porque demonstra, em suas atitudes, traços de desonestidade e seu conceito de moral não seria sólido.

Ou seja, para um indivíduo de "mau / sem caráter", faltariam em sua personalidade princípios para desenvolver plenamente a moral.

Entenda também a diferença entre ética e moral.

Exemplo de caráter

Uma forma de entender bem o papel do caráter da pessoa está em como ela reagiria a uma proposta que seria moralmente inaceitável.

Escolher o bem ou o mal?
Escolher o bem ou o mal?

Por exemplo, imagine um político que se diz a favor do meio ambiente. De repente, ele recebe uma proposta que envolve suborno para votar contra um projeto de lei que daria mais proteção à floresta amazônica.

Se for uma pessoa de caráter fraco, provavelmente irá aceitar o suborno, indo contra os princípios que afirmou ter. Caso tenha um caráter forte, não irá sucumbir ao suborno e fará o necessário para proteger a floresta.

É um exemplo amplo, mas o caráter é uma importante parte da vida de todo ser humano. Furar a fila no banco e não devolver o troco a mais que recebeu no supermercado também são formas de ter “mau caráter”.

Outras formas de uso da palavra “caráter”

A palavra “caráter” também pode ser utilizada como sinônimo de marca ou símbolo no contexto informático. No caso, as letras que você lê neste texto são “caracteres”.

Outro uso dado à palavra é na expressão “à caráter”. Com o significado de como uma pessoa deve se vestir para determinado evento, dependendo do local e da época. Ou seja, a moda em vigor em dado momento.

O que é personalidade?

A personalidade é um conjunto de características psicológicas marcantes de um indivíduo. A partir da personalidade determina-se a individualidade de uma pessoa, a forma que se relaciona socialmente e a maneira que pensa, sente e age.

Este conjunto de características pessoais tornam um indivíduo único, pois cada pessoa tem uma personalidade própria, distinguindo psicologicamente os seres humanos uns dos outros. Essas características influenciam as atitudes que alguém tem em relação ao mundo que o cerca.

Personalidade é formada por diversos aspectos psicológicos de um indivíduo
A personalidade é formada por diversos aspectos psicológicos de um indivíduo

Neste sentido, muitos estudiosos chegaram a concluir que a personalidade humana tem diversos aspectos. Inclusive, pode ser influenciada pela forma física. Confira:

Aspectos da personalidade

  • Forma física: o tipo físico de uma pessoa exerceria influência em sua autoestima e, assim, cada forma física teria uma personalidade diferente;
  • Temperamento: como a pessoa se comporta com relação àqueles ao seu redor, influenciando a afetividade, excitação e atenção;
  • Competências ou habilidades: diversas maneiras de alguém ter a capacidade de atingir determinados objetivos;
  • Disposições ligadas à ação: motivos, interesses e necessidades que levam o indivíduo a realizar tal ação. Também encaixam-se aqui as convicções da pessoa e a forma como lida com o estresse;
  • Juízo de valor: o valor que alguém dá a certo objeto (físico ou figurado) é capaz de gerar preferências, o que determina seu comportamento;
  • Disposições ligadas à própria pessoa: a imagem que o indivíduo tem de si mesmo, assim como a autoestima e o seu bem-estar, influenciam traços da personalidade.

Desenvolvimento da personalidade

A personalidade não é algo fixo. Certos traços mudam com o passar do tempo e podem ser influenciados pelo ambiente social em que o indivíduo está inserido.

Há traços de personalidade que são mais estáveis que outros, como a inteligência, enquanto a autoestima pode variar de tempos em tempos.

Uma criança, que começa a criar a percepção da autoimagem nos primeiros anos de vida, pode apresentar certa instabilidade em determinados traços da personalidade.

Entretanto, com o passar do tempo, não apenas traços da personalidade, mas como a personalidade em geral tende a se tornar mais estável.

Veja também a diferença entre:

Emerson Machado
Emerson Machado
Escritor e jornalista, muito ligado a literatura e artes em geral. Trabalha com textos informativos e criativos desde que se lembra, tendo publicado seis livros e diversas reportagens, com direito a prêmios e tudo. É apaixonado por ciência e tecnologia e já escreveu para revistas, assessoria, jornal impresso e online. Vive no Porto, Portugal.